Budapeste

De Medieval a Cosmopolita

 
Considerada por muitos a "Paris do Leste", Budapeste tem tanto de belo e grandioso como de pitoresco. Devido à sua duríssima história e aos vestígios que a mesma deixou, muitos desconhecem ainda o encanto desta cidade, que injustamente não está nas luzes da ribalta como Praga ou Viena.

Do lado de Peste, o imponente Parlamento Húngaro espelha-se no rio Danúbio e encerra magníficos tesouros, mas destacam-se também a bela Basílica de Santo Estêvão e a Praça Deák Ferenc. Passeie, ande na roda gigante e percorra as ruas que vão ter ao rio. Na luxuosa Avenida Andrássy admire os edifícios e a Ópera Nacional, que rivaliza em beleza com a de Paris, Viena ou Dresden. Visite a Praça dos Heróis e o Parque da Cidade, com edifícios de várias épocas, e relaxe nas termas Széchenyi que aí se situam. Percorra a animada Rua Váci, ideal para compras, até ao Mercado Central onde poderá provar diversas iguarias húngaras, como o Goulash, e comprar souvenirs típicos. Visite a Sinagoga e explore o Bairro Judeu. À noite é obrigatório beber um copo num dos famosos Ruin Pubs, como o Szimpla, tão caraterísticos e charmosos!

Percorra a célebre Ponte das Correntes até ao lado de Buda e suba de funicular até ao majestoso Palácio dos Habsburgos, passando pelo Bastião dos Pescadores e pela singular Igreja Mattyás. Como alternativa menos turística aos banhos Szechény, poderá optar pelas termas Gellért, inseridas no complexo de um hotel. Suba a colina com o mesmo nome até chegar à Citadela, onde a vista sobre o rio e sobre a cidade é fantástica! Entre Buda e Peste, encontra-se a Ilha Margarida, onde existem fabulosos jardins, parques, fontes e esplanadas. Vale a pena visitar o Museu das Belas Artes, o Museu Nacional e o Museu do Terror e não deixe de fazer um cruzeiro no Danúbio para apreciar as formosas margens iluminadas do rio!


Onde ficar