Reykjavik

Paisagens e cultura

 
Reykjavik reúne o melhor de dois mundos: a tranquilidade de uma cidade que está no meio da natureza, rodeada de fabulosas paisagens e orgulhosa de ser sustentável e limpa, e a agitação de uma capital cosmopolita, no topo das tendências culturais e artísticas e com uma vida noturna agitada.

A julgar pelas casas pequenas e o seu desenvolvimento recente, poderia não ser esperado que Reykjavik tivesse muito a visitar, mas a cidade consegue surpreender. Comece por visitar a Casa do Parlamento, a Catedral da Cidade e a impressionante igreja luterana Hallgrímskirkja. Siga para as ruas do centro, bastante movimentadas, onde não faltam atividades culturais e artísticas. O Museu Arte Viva, o Safn, o Museu Nacional e o Museu Falológico da Islândia são alguns dos museus a não perder e o Harpa, Centro Multicultural, é de visita obrigatória também pela sua espetacular arquitetura. Perca-se nas ruas Laugavegur e Skólavörðustígur com lojas de conceito que estão a ganhar visibilidade, e vá ao Kolaportið, um mercado vintage. A noite é surpreendentemente animada e conhecida pela sua música, sendo muitos os restaurantes, bares, concertos e clubes noturnos a ficar cada vez mais em voga. Para festivais de verão o ambiente é perfeito, pelos seus dias eternos.

Este é o sítio certo para fazer atividades ao ar livre e para se impressionar constantemente com a natureza. Faça uma caminhada em torno do Tjörnin, o lago da cidade, visite o jardim zoológico e o bonito jardim botânico. Pode fazer observação de baleias e de papagaios-do-mar, pesca de truta e salmão, golf, passeios a cavalo ou relaxar na Lagoa Azul a 40 km da capital, aquecida por uma central geotérmica e rodeada de uma paisagem incrível - uma experiência imperdível nos dias frios! A Islândia é famosa pela sua enorme beleza natural, por isso não perca a oportunidade de ir conhecer lugares de cortar a respiração, como o vulcão Krafla na encosta, montanhas, vales e lagos de ar puro e águas cristalinas. No verão, assista a um dos mais fabulosos espetáculos naturais do mundo, o pôr-do-sol da meia-noite na costa, e nos equinócios a magnífica Aurora Boreal. Na verdade, quem nunca sonhou assistir a uma?


Onde ficar