Cidades
5 Cidades que ficam mais bonitas no inverno
Seja pela neve, pelas iluminações ou simplesmente pelo prazer de sairmos à rua agasalhados “à antiga”, com cachecol, luvas e gorro a condizer, certas cidades parecem feitas para mostrar o seu lado mais encantador quando as temperaturas baixam e chega o Inverno. E porque o frio não nos impede de sair à descoberta, venha connosco conhecer 5 cidades que ficam mais bonitas no inverno!
Tallinn

O centro histórico da capital da Estónia é lindíssimo (ainda mais no inverno), com as suas torres e cúpulas circulares. Passeie pela praça da cidade velha, com o edifício gótico da câmara municipal coberto de neve e cercado por casas com arquitetura ao estilo holandês. Perca-se pelas ruas circundantes, mas não deixe de visitar uma em especial: a passagem de Santa Catarina. Trata-se de um beco medieval de artesãos, que, ainda hoje, alberga artistas e artífices das mais variadas especialidades e oferece a oportunidade de os ver a trabalhar nas suas oficinas - aqui vai encontrar a mais autêntica das prendas! Para tirar as melhores fotos panorâmicas do centro histórico rume a dois pontos muito populares: Kohtuosa ou Patkuli.
Viena

A capital austríaca dá mostras convincentes de ter sido feita a pensar nos dias de inverno, com a sua arquitetura impressionante, as suas opulentas pastelarias e a sua gastronomia gulosa. Se conseguir visitar Viena antes do Natal ou mesmo na altura do Ano Novo, não hesite. Desde logo, porque as iluminações natalícias são levadas muito a sério na cidade! Depois, em virtude dos seus múltiplos mercados de Natal, que são capazes de encantar qualquer visitante: o de Rausplatz pode ser o mais conhecido, mas os de Spittelberg e Karlsplatz merecem também uma visita. E nada para nos fazer esquecer o frio como umas compras de Natal ao ar livre, com uma taça de vinho quente e umas castanhas ou um schaumrollen (um bolo recheado com creme) na mão!

Ver Voo + Hotel para Viena
Nova Iorque

No inverno, esta cidade tem um "little something extra" quando as temperaturas namoram com os 0ºC, quando a árvore de Natal é erguida na Rockefeller Plaza e sempre que o Central Park fica coberto por um manto de neve. Veja as montras da 5ª avenida ou as pop-up stores de Union Square e Columbus Circle; fique a par de todas as trends, assista um espetáculo na Broadway ou ria à gargalhada num clube durante atuação de um dos nomes mais famosos da stand-up comedy; Espreite os bairros cool de Chelsea e Williamsburg e também o renovado Harlem. E se Nova Iorque no Natal e Ano Novo é claramente mágica (como perder a hipótese de fazer um live do rinque de patinagem de Bryant Park?), a verdade é que a cidade que nunca dorme não tem meses de descanso.

Ver Voo + Hotel para Nova Iorque
Bruges

Esta superestrela do turismo tem a vantagem de ficar aqui bem pertinho, na Bélgica - dá para fazer uma escapadinha de fim de semana capaz de encher de inspiração os meses mais frios do ano! Em Bruges, a época natalícia é levada muito a sério: as iluminações são simplesmente encantadoras e há quem defenda que o melhor mercado de Natal da Europa é aqui. A praça do mercado adota o obrigatório rinque de patinagem e as ruas que aí vão dar transformam-se num labirinto de cabanas de madeira. A produção artesanal da cidade é tão prolífica que não vai ter dificuldade em encontrar artigos genuínos, dos enfeites de Natal às rendas que trouxeram fama à cidade. E, depois, entre o vinho quente, os waffles e os pratos de batata... Tudo ajuda a suportar o frio do inverno!

Ver Voo + Hotel para Bruxelas
Praga

Esta cidade é um prazer, em particular nas semanas em que um alvíssimo manto de neve embeleza todos os telhados e cúpulas do centro histórico. Além do óbvio decréscimo de visitantes na cidade, que torna não só as caminhadas mas também as visitas a museus, lojas e monumentos bem mais fáceis e agradáveis, Praga é lindíssima de fotografar no inverno. Se quiser capturar a ponte Carlos ou a Praça da Cidade Antiga sem pessoas continua a ter de fazer aquele truque de passar por lá quase de madrugada, mas vai conseguir imagens incríveis. Outra dica é atravessar o rio e subir até ao parque de Letna. Quando o frio apertar lembre-se que está numa cidade melómana: as igrejas e catedrais são palco quase diário de recitais de música clássica e sacra enquanto os clubes de jazz e blues se espalham um pouco por toda a sua zona antiga.

Ver Voo + Hotel para Praga
Flocos de neve, ar bem fresco, bebidas quentes e gulodices nas mais belas cidades. Comece a planear a sua viagem de inverno aqui!