Útil para viajar Sugestões para poupar
5 dicas para conseguir voos baratos online
Como agência de viagem que somos, estamos permanentemente à procura dos melhores preços de voos para os nossos clientes. Com base na nossa experiência partilhamos 5 dicas para o ajudar a encontrar os voos mais baratos em pesquisas de internet e assim poupar na sua viagem.
Antes de apresentarmos as nossas dicas deixamos o nosso principal conselho: para encontrar voos realmente mais baratos precisa de algum tempo, paciência e persistência. Mas vale a pena ver a sua iniciativa recompensada com uma boa poupança nos voos que permitirá usufruir melhor da sua viagem.
1. Marque com antecedência e pesquise diferentes datas e opções

Ainda que possa parecer óbvio, a maioria das pessoas não marca as suas viagens com a devida antecedência. Os preços nas companhias aéreas variam conforme a oferta existente e o nível de procura. Se numa determinada data o avião estiver quase completo, os lugares que sobram terão preços mais elevados. Logo, se for um dos primeiros a marcar lugar, conseguirá preços mais competitivos.
 
Por outro lado, muitas vezes os preços variam conforme o destino e o dia da viagem. Tratando-se de um destino com grande afluência em viagens de negócios, viajar durante a semana poderá sair mais caro do que ao fim de semana. Se for um destino propício a uma viagem de fim de semana, então certamente ir a uma sexta-feira e regressar a um domingo será mais caro.
A experiência obtida por diferentes sites de viagens permitiu notar que os preços para viagens com partida à quarta-feira ou ao sábado são, por norma, mais baratos. Se selecionar as opções de flexibilidade de datas, poderá escolher outras datas próximas à pretendida, com melhores preços, o que lhe permitirá poupar dinheiro que poderá gastar na estadia ou numa refeição no destino.
 
Outra questão que deverá ter em conta são as escalas dos voos. Os voos diretos proporcionam uma viagem mais rápida e confortável, por isso, tendem a ser mais caros. Viajar via outra cidade, pode alongar o tempo da sua viagem, mas é na maioria das vezes mais barato. Voos com horários mais complicados e maiores tempos de espera em aeroportos, tendem a ser mais baratos. Terá que avaliar entre o conforto, o tempo e o que planeia gastar.
2. Não acredite no primeiro preço que vê

Sempre que verifica um preço num resultado de pesquisa convém progredir até ao final da reserva (sem efetuar o pagamento) para verificar se não serão aplicadas outras taxas e qual o valor das mesmas. Isto acontece frequentemente, por isso só comparando os preços finais é que poderá compreender o que irá realmente gastar. Além disso, muitos dos preços dependem da forma de pagamento que optar por utilizar. Muitos sites oferecem preços atrativos apenas em pagamentos com cartões de crédito ou débito específicos, que poucas pessoas têm. Tenha tudo isto em conta quando for comparar os diversos preços.
 
Fique a saber também que os preços apresentados nos diferentes sites não são mais baratos do que na própria companhia aérea (que é o fornecedor). A vantagem de comprar através de um site ou numa agência é que é possível a combinação de várias possibilidades, com diferentes companhias aéreas e rotas, podendo assim obter viagens mais baratas se, por exemplo, reservar a ida com uma companhia e o regresso com outra.
3. Atenção ao que inclui a sua viagem

Provavelmente não terá necessidade de ter uma refeição na viagem, nem de transportar bagagem de porão: basta-lhe uma bagagem de mão. Nesse caso, saiba que poderá poupar. A maioria das companhias aéreas, e não apenas as low cost, oferecem melhores preços para quem viaja sem bagagem. Mas deverá estar seguro de que é assim que pretende viajar, pois caso mude de ideias, sairá mais caro adicionar a bagagem no aeroporto.
 
E por falar em aeroporto, não se esqueça de que muitas das companhias low cost (e não só) viajam para aeroportos mais distantes do centro da cidade ou sem transportes públicos que sejam mais acessíveis. Assim, nestes casos, poderá gastar no transporte local até ao seu destino o que poupou na viagem de avião. Faça as contas e descubra se vai mesmo poupar.
4. Vai só comprar o bilhete de avião?

Se necessitar de adquirir mais serviços além do bilhete do avião, procure reservar tudo em simultâneo. Combinando a reserva de voo e hotel, consegue poupar na passagem aérea, uma vez que os sites que oferecem esta opção utilizam preços especiais oferecidos pelas companhias aéreas para viagens efetuadas em pacote (ou seja, com a reserva de mais serviços). Não se esqueça de verificar se existem pacotes de férias oferecidos pelas agências de viagens para o seu destino. Muitas vezes estes pacotes utilizam outro tipo de voos, como por exemplo os voos charter, que permitirão poupar na sua viagem.

5. Quando encontrar um preço justo, reserve a sua viagem

Não se surpreenda se na hora de marcar a viagem o preço já tiver aumentado. Os preços na aviação variam constantemente e por vezes podem baixar, mas essencialmente em épocas de maior procura a tendência é a subida dos preços. Se vir um preço competitivo aproveite para reservar, pois poderá já não conseguir o mesmo valor no dia seguinte.
E para a hora da reserva deixamos também alguns conselhos. Não se esqueça de introduzir corretamente o primeiro e último nome, pois poderá não ser possível alterá-los posteriormente. Verifique sempre bem os detalhes dos voos que está a reservar, e tenha em conta que os horários são sempre locais. Se vai efetuar um voo com ligações, deixe tempo suficiente para as fazer. Aconselha-se no mínimo uma hora e meia, mas talvez necessite de mais tempo, dependendo da complexidade do aeroporto ou se tiver que trocar de terminal. Adquira um seguro de cancelamento com a reserva do voo. Por norma, as tarifas mais baratas não são reembolsáveis, e muitas vezes não são passíveis de alteração. O seguro de cancelamento irá salvaguardá-lo se, por razões de força maior, tiver de o fazer.
 
Pronto para começar a poupar?