Praias e Natureza
7 experiências a não perder em Cabo Verde
São nove ilhas habitadas e mais Santa Luzia, abençoadas com um clima ameno durante todo o ano e bafejadas pelos ventos áridos que aqui chegam, através do Atlântico, a partir do norte de África. A beleza das praias de Cabo Verde já é lendária, mas existem mais atividades que não deve perder e que irão enriquecer a sua passagem por este magnífico arquipélago.
Visite Mindelo

A paragem na ilha de São Vicente faz quase sempre parte de qualquer passagem por Cabo Verde e o Mindelo, com polo cultural e artístico merece bem a visita. O mercado do peixe e o porto são excelentes cenários para fotografias!

Dance uma morna

Não pode perder a oportunidade de ouvir o género musical mais famoso de Cabo Verde no seu habitat natural - na maioria dos estabelecimentos do Mindelo - e assim perceber mais facilmente esta mistura de languidez, sensualidade e saudade.
 
Faça uma caminhada em Santo Antão

É a ilha mais afastada no continente africano e uma das maiores em área do arquipélago de Cabo Verde. Santo Antão já tem fama de ser a ilha indicada para amantes de natureza e especialmente de caminhadas, com vários percursos de grande beleza.

Observe a nidificação das tartarugas à noite

As ilhas do Sal e Boavista são as mais procuradas para este espetáculo ímpar da natureza entre junho e outubro. Uma experiência também indicada para os mais jovens que assim aprendem algo sobre a riqueza da fauna destas ilhas.
 
Prove a gastronomia local

Maravilhe-se com a frescura e o sabor dos produtos do mar de Cabo Verde sejam eles a lagosta ou o atum e claro, e claro, prove a típica e genuína cachupa - de carne ou peixe, rica ou pobre, ou frita! Uma experiência de fazer água na boca!

Beba um copinho de grogue

A produção de cana-de-açúcar de Cabo Verde acaba praticamente toda engarrafada nesta aguardente tradicional, que pode ter também ervas aromáticas e até percebes! Para uma experiência mais light, escolha pontche, com limão e açúcar.
 
Suba ao Pico do Fogo

Visitar a ilha do Fogo é uma experiência impressionante - não só pela grandiosidade da mais alta montanha de Cabo Verde, que é também um vulcão ativo, mas também pela restante paisagem, delicioso vinho de produção local e, como nas restantes ilhas, a simpatia dos habitantes.