Útil para viajar Praias e Natureza
Auroras Boreais: Quando e onde?
Há qualquer coisa de mágico num céu noturno que se deixa iluminar por véus dançantes de verde. A aurora boreal é um fenómeno atmosférico, mas podia quase ser um destino. Vê-la nunca é bem uma certeza, daí que muitos sítios ofereçam também uma panóplia de atividades alternativas. Mas com a nossa lista, as suas probabilidades de se maravilhar vão aumentar!
A "temporada" da aurora boreal é bastante extensa, de setembro a abril. Por vezes, pode estar a ocorrer e simplesmente não ser observável - ou porque há muita luz (natural ou artificial) ou porque está nublado. Para ter mais possibilidades de sucesso, tenha em conta que quanto mais a norte, e quanto maior a duração da noite, maior, também, será a probabilidade de a observar em todo o seu esplendor. Mas seja paciente! Estas localidades disponibilizam visitas guiadas que não garantem o impossível mas que o vão colocar nas mãos de alguém que conhece a zona e que recebe informação meteorológica atualizada.
Lago Glaciar Jökulsárlón, Islândia
A Islândia por si só é um dos destinos mais desejados pelos amantes das maravilhas naturais, pela sumptuosidade das suas paisagens e muito pelo fenómeno da aurora boreal, visível de quase todos os lugares da ilha. No entanto, o Lago Glaciar Jökulsárlón dá-lhe um toque especial: a existência de um iceberg no seu interior faz que as luzes do norte fiquem ainda mais refletidas, criando um quadro inesquecível!

Ver Voo + Hotel para Reykjavik, Islândia
Abisko, Suécia
Há uma série de locais no norte da Suécia, perto da cadeia de montanhas Kiruna, que se tornaram destinos populares para aqueles que procuram assistir ao bailado das luzes do norte. Visitar as aldeias típicas Suomi, conduzir um trenó puxado por uma equipa de cães e visitar o Hotel de Gelo são algumas das atividades extra disponíveis para preencher os seus dias, caso o tempo esteja a fazer das suas.

Ver Voo + Hotel para Estocolmo, Suécia
Tromso, Noruega
Sem dúvida, um dos locais mais populares para esta experiência. A pequena cidade de Tromso tem várias empresas que oferecem visitas guiadas e algumas delas com uma taxa muito elevada de visionamento da aurora boreal. E, uma vez que Tromso fica na costa, terá igualmente acesso a outras aliciantes atividades, como passeios até aos fiordes ou a observação de baleias!

Ver Voo + Hotel para Oslo, Noruega
Luosto, Finlândia
A Finlândia é um destino no qual os viajantes pensam menos quando o assunto é a aurora boreal. Mas o facto de a Lapónia ter uma densidade populacional tão baixa, com poucos centros urbanos, ajuda a manter uma atmosfera livre de luzes artificiais e poluição luminosa. O que é em si mesmo uma experiência visual impressionante! Pode também fazer uma visita a uma quinta de renas - quem sabe não encontrará o Pai Natal, que parece viver por estas bandas!

Ver Voo + Hotel para Helsínquia, Finlândia
Yellowknife, Canadá
Esta pequena cidade dos Northern Territories conseguiu construir nome à volta das excelentes condições para o visionamento da aurora boreal - caso visite entre novembro e abril, aqui, é praticamente certo que irá assistir a um inesquecível espetáculo. E, a juntar a essa experiência mágica, estará no Canadá profundo, região com uma beleza natural ainda intocada, plena de espírito de fronteira!
E ainda...
Lago Tekapo, Nova Zelândia
Pois é! A aurora boreal é um fenómeno do hemisfério norte, mas já ouviu falar da homónima do hemisfério sul? Chama-se aurora austral e alegadamente é ainda mais difícil de presenciar. De março a setembro existem alguns locais abençoados pelo fenómeno e o lindíssimo lago Tekapo é um deles! Um bónus a não perder se estiver nos antípodas!