Cidades
Descubra Singapura, a “Cidade-Jardim”
722 km2 – ligeiramente menos que a ilha da Madeira. É a dimensão deste fascinante estado asiático, que começou a vida como entreposto colonial e entretanto se tornou a cidade mais segura do mundo, a mais inteligente e a mais avançada tecnologicamente. A sua cultura privilegia a boa-educação, mas não abafa o rugido de uma das economias mais competitivas do mundo! Chamam-lhe a “Cidade Leão”.
Jardins Botânico e da Baía

A primeira coisa que vai ler sobre Singapura é o seu epíteto de cidade-jardim, que foi adotado após a independência, em 1965, num esforço de tornar a metrópole mais verde. Os Jardins Botânicos (perto de Orchard Road), com a sua coleção de milhares de orquídeas, e os Jardins da Baía, onde a natureza se cruza com a ficção-científica em extraordinárias estruturas como o Bosque das Super-Árvores, são duas visitas absolutamente a não perder.

Ver Voo + Hotel
Merlion

Singapura constitui-se por uma ilha rodeada por outras 62 ilhotas. Não é de estranhar que tenha sido um humilde centro piscatório antes de vir a ser uma das mais impressionantes metrópoles da era moderna. Mais que de um tigre asiático, a sua esplendorosa atividade económica é digna de um leão (e, em malaio, singapura quer dizer "cidade leão"). Daí, o Merlion, o ícone da cidade (meio peixe, meio leão), cuja estátua de 8,6m se encontra no Merlion Park. Não deixe de tirar um retrato junto a esta síntese perfeita entre a Singapura de ontem e a de hoje!
Aeroporto de Changi

Por norma, embora quase toda a gente por lá passe, um aeroporto não faz parte da lista de locais a visitar numa cidade! Mas Changi não é um aeroporto qualquer. Desde a construção da extensão Changi Jewel, projetada pelo arquiteto Moshe Safdie (também autor do icónico hotel Marina Bay Sands), que este é, até, um paraíso de entretenimento muito procurado pelos locais. Possui vários espaços verdes temáticos, a maior cascata interior do mundo, um jardim de borboletas, 11 salas de cinema IMAX, 280 lojas... Enfim, fazer escala aqui é um sonho!
Central Area

A city de Singapura, com os seus arranha-céus, é como uma exposição permanente do que de mais arrojado a arquitetura moderna tem para oferecer. O triplo I do Marina Bay Sands é talvez o marco mais distintivo no panorama atual da cidade (hotel, casino, centro comercial e a maior piscina infinita do mundo), e do topo do seu andar panorâmico pode observar as duas estruturas que cobrem os Jardins da Baía fazendo lembrar casulos de gigantescos insetos. E o que dizer do caminho pedonal em forma de dupla-hélice? O seu álbum de fotografias vai parecer chegado do futuro!
Chinatown

A diversidade cultural de Singapura é um dos ingredientes que tornam este destino tão cativante, com as populações malaia, indiana e chinesa a entrelaçarem-se como numa bela tapeçaria. Visitar a Chinatown é também o antídoto perfeito à arquitetura futurista da city e uma forma de recordar que a cidade foi, em tempos, assim, com mercados ao ar livre onde se encontra de tudo um pouco - experimente uma dose fumegante de arroz Hainan acabado de fazer - e templos de diversas tradições, como a da Relíquia do Dente (budista), Sri Mariamman (hindu) e Felicidade Celestial (taoista).
Street Food

Em termos gastronómicos, Singapura possui igualmente um variadíssimo leque de ofertas. Se não há dúvida que as refeições nos restaurantes dos hotéis de luxo são memoráveis, não perca a experiência das bancas de comida de rua: do caranguejo picante ao popularíssimo Laksa Katong (uma sopa picante de noodles, com caril, leite de coco e camarão). Para combater o calor tropical escolha o Cendol, uma sobremesa gelada, com leite de coco, açúcar de palma e geleia de farinha de arroz verde.
Compras

Por brincadeira, há quem diga que o desporto nacional de Singapura é este! Claro que o destino mais famoso é a Orchard Road, com 2km de grandiosos centros comerciais, mas os bairros históricos possuem mercados ao ar livre e ruelas ladeadas de lojinhas e cafés muito boho-chic, perfeitos para quem se cansa do ar condicionado. Rume a Haji Lane, no bairro muçulmano de Kampong Glam, a Seragoon Road, em Little India, ou ao mercado de Bugis Street para muita cor e preços mais em conta!
Entre arranha-céus e templos centenários, Singapura mostra que é uma cidade cheia de garra! Venha conhecê-la: