Cidades
Dubai: o que precisa de saber antes de viajar
O Dubai é uma cidade simultaneamente futurista e exótica, com habitantes cordiais, onde a hospitalidade é levada a sério. Para uma metrópole do seu tamanho, é muitíssimo segura e surpreendentemente cosmopolita, com habitantes de cerca de 150 nacionalidades a escolherem aí viver e trabalhar. No entanto, é um país muçulmano e deve reter algumas informações de modo a evitar choques culturais.
Um país muçulmano

A primeira coisa a manter presente é que os Emirados Árabes Unidos não são uma democracia. São, antes, uma confederação de monarquias religiosas em que impera a lei islâmica. Caso venha a requerer assistência legal, lembre-se que as autoridades do país não são obrigadas a contactar o seu consulado nem a proporcionar-lhe representação.

Álcool

Não-muçulmanos podem consumir álcool em estabelecimentos licenciados no Dubai. A maioria destes restaurantes, clubes e discotecas operam dentro dos grandes complexos hoteleiros onde, aliás, as regras de comportamento são genericamente mais relaxadas. Não obstante, permanece ilegal consumir álcool ou estar embriagado em público. A conduzir, então, a tolerância é zero.
Vestuário

Modéstia é a palavra-chave. Isto significa que, enquanto estiver no Dubai, deve manter as pernas cobertas até aos joelhos ou evitar mostrar os ombros, por exemplo. E, atenção, que estas normas de conduta não são se aplicam apenas às mulheres - mesmo os homens nunca devem estar em tronco nu no espaço público. A exceção são as praias privadas e as piscinas.

Demonstrações de afeto

Passear de mãos dadas pelas ruas é tolerado entre marido e mulher, mas beijos e abraços em público são considerados ofensivos. E ainda que na esmagadora maioria das vezes, no Dubai, a polícia seja tolerante no que diz respeito a turistas, é obrigada a dar seguimento a queixas, pelo que é melhor não arriscar.
Ramadão

Durante o Ramadão, no Dubai, todas as regras são observadas de forma mais intensa. Lembre-se que é ilegal comer em público entre o nascer e pôr-do-sol, por exemplo. No entanto, grande parte dos estabelecimentos continua a funcionar normalmente dentro dos complexos hoteleiros e centros comerciais. Até porque a constituição do emirado prevê a liberdade religiosa.

No Dubai, o Islão é uma forma de vida e espera-se que os visitantes demonstrem sensibilidade para com as tradições dos Emirados Árabes Unidos. Siga estas indicações, peça conselhos no seu hotel sempre que tenha dúvidas e garantimos que terá uma experiência 100% positiva nesta cidade incrível!