Praias e Natureza
São Tomé: Encantos da Pérola do Equador
O golfo da Guiné esconde uma pequena pérola que começa a despertar a curiosidade da comunidade viajante. Mas, por enquanto, São Tomé (metade mais populosa do arquipélago que inclui ainda a ilha de Príncipe) mantém inalterado o seu charme tranquilo e compassado. Um destino ideal para quem sonha desligar da corrente e ligar-se à natureza.
São Tomé

Há quem diga que a cidade capital, com a sua arquitetura colonial em tons pastel, com os seus mercados ao ar livre onde os coloridos frutos tropicais dão o mote, e o seu trânsito desorganizado, mas nunca frenético, tem algo que faz lembrar as Caraíbas. Mas, para nós, São Tomé não tem par!
Pico do Cão Grande

Esta impressionante formação vulcânica ergue-se subitamente a 300 m, de forma impressionante, como se tivesse acabado de irromper das profundezas da Terra. Uma visão absolutamente dramática e imperdível que nos faz perceber que São Tomé é um lugar muito especial!
Tartarugas

A ilha de São Tomé é ao longo do ano um local privilegiado para a observação de tartarugas marinhas, mas entre setembro e abril permite uma experiência única: assistir à sua desova noturna, quando milhares de pequenas tartarugas correm para o seu primeiro mergulho em direção ao mar!
 
Roças

Ficar encantado por São Tomé é fácil, mas enfrentar a sua história é um desafio maior. Visitar as grandes plantações de café e cacau, que do século XVIII a inícios do século XX enriqueceram famílias portuguesas à custa de trabalho escravo, é um roteiro essencial para compreender este país. Uma experiência tão humilde quão edificante que permitirá admirar mais ainda a simpatia e alegria de viver são-tomenses.
Boca do Inferno

A sul da cidade de São Tomé, este fenomenal espetáculo da natureza onde o mar ensaia impressionantes movimentos, numa dança contínua com peculiares formações rochosas, até tem a sua própria lenda: um dos proprietários de uma roça vizinha era tão ruim que conseguia lançar-se às águas e aparecer são e salvo em Lisboa!
Praia da Jalé

Integrada no Parque Natural Obô (que abrange ambas as ilhas do arquipélago), esta praia é um daqueles lugares paradisíacos que se tem dificuldade em crer que ainda existam: a copa verdejante das árvores borda o limite da areia intocada, num cenário que parece estar parado desde a origem dos tempos.
Equador

No ilhéu das Rolas pode estar em dois sítios ao mesmo tempo! Se visitar o marco do Equador estará a pisar o hemisfério norte e o sul, nesta pequena ilha que merece bem uma excursão de um dia pela sua beleza natural.
Museu Nacional de São Tomé e Príncipe

Alojado no forte de São Sebastião, este foi o primeiro museu da nação independente de São Tomé. Aqui descobrimos a história das populações africanas trazidas pelos portugueses para o arquipélago (que até aí era desabitado) e dos colonos que aqui viveram.
Sonhos de Banana

Já chamámos a sua atenção? Mas não ficamos por aqui! Marisco fresco, calulu de peixe, inhame frito, canjica... A gastronomia de São Tomé não deixa créditos por mãos alheias. E para souvenir nem precisa de pensar duas vezes... Chocolate local para a família e amigos!